terça-feira, 15 de abril de 2014

Mãe comenta emoção de ver o filho com paralisia andando pela primeira vez

Lorenzo Dutra, de 7 anos, está usando equipamento há menos de uma semana e já apresenta avanços. 'Nossa vida mudou', diz Priscila


GSHOW
Lorenzo está se adaptando ao upsse, equipamento que ajuda crianças com paralisia cerebral (Foto: Encontro com Fátima Bernardes/TV Globo)Lorenzo está se adaptando ao Upsse, equipamento que ajuda crianças com paralisia cerebral (Foto: Encontro com Fátima Bernardes/TV Globo)
No Encontro de hoje, Fátima conheceu Lorenzo Dutra, menino de 7 anos portador de paralisia cerebral, que agora conta com a ajuda de um equipamento chamado Upsee para se locomover. A invenção, criada por uma israelense e desenvolvida por uma empresa da Irlanda do Norte, mantém a criança presa ao corpo do pai ou da mãe e permite que ela realize movimentos simples.
Em visita à casa de Lorenzo, a repórter Gabriela Lian conversou com a família do menino, que começou a usar o aparelho na última sexta-feira, 11. "Foi uma sensação bem gostosa para mim. Ele tem andador, fica em pé na terapia, mas andar com ele foi a primeira vez. Estava mais ansiosa que ele. Talvez ele até interaja mais com o ambiente, com as pessoas", contou Priscila, mãe do garoto, cheia de perseverança: "A gente está acostumado a vê-lo na cadeirinha, no colo. É uma novidade muito boa na vida dele".
Feliz com as conquistas, a mãe citou os avanços do menino. "No primeiro dia que ele usou, sorriu, acordou dando gargalhadas. Usamos o equipamento no sábado e saímos com ele no prédio. O Lorenzo conseguiu pegar a plantinha, ver os brinquedos, entrar na casinha. Foi muito emocionante. Sempre tive o sonho de andar de mãos dadas. Nossa vida mudou", disse ela, que completou: "Ele ainda está entendendo que pode se locomover com o equipamento. Está sendo muito bom e vivenciar isso com ele, é algo que eu não imaginava".
Sobre os benefícios da tecnologia, o Dr. Fernando Gomes Pinto mostrou otimismo. "O maior é inclusão, contato com os pais e ficar de fato de pé, para treinar o sistema cardiorrespiratório. A possibilidade andar com os pais é fantástica"
Saiba tudo sobre novelas, programas de variedades e reality shows da TV Globo! Veja também receitas, dicas de estilo e conteúdos exclusivos só para a web. Conheça o Gshow!

2 comentários:

Paula Pereira Machado disse...

Tenho um filho com paralisia cerebral e tenho muito interesse em comprar o Upsee mas não consigo uma forma de contato com a empresa fabricante se puderes me ajudar com o contato ficarei grata, aguardo resposta.Abraço, Paula

conceição andrade disse...

Minha filha tem síndrome de leigh e gostaria muito de poder ter um aparelho desses,preciso saber como comprar um desses e quanto custa por favor mim mandem um email.Esse é o email(titacamisa7@hotmail.com)desde ja agradeço.