quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Videos Vez da Voz "Justiça"

video

Video com originalidade!

Música para as pessoas com deficiência auditiva. Isso mesmo! Com a ajuda de intérpretes da Língua de Sinais, belas canções são transmitidas àquelas pessoas que não conseguem ouvir, mas que conseguem sentir e se emocionar com a letra das músicas. Conheça mais detalhes do Música no Silêncio

video



Quuwe ver outros?Fonte: blog -VEZ DA vOZ

Esperança para voltar a se Movimentar!!

INFO-NOTICÍAS DO DEFNET
INFOATIVO.DEFNET 4426 - TETRAPLEGIA & TECNOLOGIA


Sistema permite movimento de membro superior em tetraplégicos Na Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da USP, pesquisadores desenvolveram um sistema híbrido para membros superiores (braço, antebraço e mãos) que auxilia as atividades motoras de pessoas tetraplégicas.
O equipamento permite que o paciente alcance objetos distantes do corpo por comandos de voz Renato Varoto, pesquisador da EESC, explica que o diferencial desse sistema foi a combinação de técnicas. “A mecânica, que inclui a órtese e que possibilita movimentos de flexão e extensão do cotovelo, e uma técnica não convencional, que é a estimulação elétrica neuromuscular, que possibilita os movimentos da mão.”
O sistema foi desenvolvido por Varoto durante sua tese de doutorado pela EESC, sob a orientação do professor Alberto Cliquet Júnior, do Departamento de Engenharia Elétrica da Escola. O protótipo é constituído de uma órtese dinâmica para cotovelo, que funciona como um exoesqueleto, eletrodos de superfície que vão nas mãos e uma luva que contém sensores para indicar ao paciente a força aplicada.Esses equipamentos são as partes mecânicas e eletrônicas e são coordenados por voz. “Com o comando de voz, cinco palavras são gravadas de acordo com o gosto do paciente: uma para estender o braço, uma para flexão do cotovelo, uma para parar o movimento, uma para pegar o objeto e uma para soltar o objeto. Se for preciso, é possível controlar o nível de estimulação para o movimento da mão e a velocidade da órtese do cotovelo, cada uma com duas palavras”, descreve Varoto
LEIA INTEGRA DA MATÉRIA EM:
http://espaber.uspnet.usp.br/jorusp/?p=9388